Berçário

Mais estímulos aos bebês


Veja como professoras do Sul usaram músicas e histórias para ajudar no desenvolvimento de bebês. E confira ainda: como confeccionar o tapete das sensações



Objetivos:
Fortalecer e estimular movimentos livres e desenvolver a coordenação motora a partir da utilização do tapete das sensações
Explorar as possibilidades expressivas do movimento do corpo nas atividades de música
Estimular a linguagem oral e auditiva com atividades de leitura




Durante o ano de 2009
, as professoras Clair Rauber e Rosa Borges, da EMEI Pedacinho do Céu, em Esteio, RS, trabalharam duro para alcançar o objetivo que haviam traçado para o trabalho com os bebês. Esse objetivo era ajudá-los a se desenvolverem em todas as suas capacidades (cognitivas, motoras, sócio-afetiva e de linguagens), promovendo um ambiente e uma rotina de estimulação que incluíam, entre outras, atividades com música, leitura e de exploração tátil. "Nós percebemos que a criança é quem modifica e constrói suas experiências de acordo com os estímulos que ela recebe, e por isso nos dedicamos tanto a esse trabalho", comenta Clair. Segundo ela, as atividades com os bebês eram realizadas dentro de um contexto de afeto e carinho, para criar vínculo com os pequenos, passando-lhes segurança. E cada situação era explorada ao máximo, aproveitando todos os recursos disponíveis. Na hora da leitura, por exemplo, ofereciam fantoches de feltro, livros com gravuras grandes ou sonoros, livros de pano, dedoches, personagens para manipular e o que mais pudesse encantar os pequenos. Confira outros detalhes a seguir.

Estimulação de bebês em dose tripla
Esta é a terceira e última parte de uma sequência de atividades de estimulação precoce de bebês desenvolvidas na E.M.E.I. Pedacinho do Céu e publicada no Guia Prático. Nas duas últimas edições, trouxemos atividades para trabalhar noção de espaço e coordenação motora e mostramos como montar os cantinhos do faz de conta, das texturas e dos móbiles. Sempre seguindo as dicas das professoras Clair Rauber e Rosa Borges e da supervisora Rosiane Lobato.

 

 

<

O contato com os livros

Contar histórias pode trazer inúmeros benefícios para os bebês, como o desenvolvimento da linguagem oral, a troca afetiva com o adulto, o desenvolvimento da criatividade e da curiosidade e assim por diante. Clair Rauber costuma ler histórias para os bebês dormirem, na hora da troca, para acalmá-los e também entrega livros pequenos e coloridos que eles possam manusear, folhear, brincar etc.



"A música, as brincadeiras e as histórias são ótimos recursos para as crianças criarem novos circuitos cerebrais."
Clair Rauber, professora

 

Atividades com música

Desde que a criança nasce ela já pode ter contato com a música, para ir descobrindo os ritmos, os sons e os timbres. "Nos primeiros anos de vida os bebês gostam muito de dançar, bater palmas e ficam serenos se lhes cantam alguma canção com suavidade", comenta Clair. Na Pedacinho do Céu, as atividades com música contam com a parceria da orientadora Patrícia Arduim, que com seu violão toca várias músicas infantis, animando as crianças. As atividades geralmente acontecem em uma roda e no centro dela as professoras colocam um minhocão de tecido. Assim, conseguem trabalhar noções de espaço, dentro e fora, chamar as crianças para dançarem dentro e assim por diante.

 


<

Tapete das sensações

Este material é montado com velcro, ou seja, as placas são móveis. Segundo Clair, o tapete desperta sensações e estimula os bebês a engatinhar, deitar, rolar e caminhar por toda a sua extensão, para sentir cada textura. As superfícies são lisas, grossas, ásperas, finas, duras, macias, dependendo os materiais usados na confecção de cada ficha. Veja a seguir como montar.

Materiais:

4 metros de tecido
★quadrados de papelão de 40 x 40 cm com texturas variadas
(lixa, bolas de gude, lantejoulas, areia, algodão, EVA, cordão, papel celofane etc)
★ velcro
★ cola quente


1. Costure o tecido fazendo o acabamento.
2. Recorte as fichas de papelão.
3. Cole as texturas no papelão.
4. Cole um pedaço de velcro em cada ficha e no tecido para ir trocando as texturas.