Maternal

A Arte dos pequenos


Eles conhecem grandes artistas e praticam o fazer artísico


Por Mônica Krausz
Objetivos:

Conhecer diversos pintores e suas principais obras
Associar a arte ao cotidiano
Criar releituras dos quadros utilizando diversas técnicas e materiais
Manusear diversos materiais explorando diferentes texturas e formas
Aprender a trabalhar coletivamente



Em de março de 2009, professoras do maternal do Colégio Renovação, em São Paulo (SP), iniciaram um projeto que tinha como principal objetivo apresentar os grandes pintores e suas obras aos alunos e fazer com que relacionassem a Arte ao seu dia a dia. Para isso, durante todo o ano trabalharam com dois livros de maneira associada: o livro didático Cambalhota Maternal, da Coleção Cambalhota (Ática) e o livro Fazendo Arte com os Mestres, de Ivete Raffa (Escolar).

"Quando as crianças estudaram as partes do corpo humano no livro didático, fizeram autorretratos e a releitura de 'Monalisa'; quando estudaram as formas geométricas, entraram em contato com a obra de Kandinsky", lembra a professora Natália Noni. "Na época da festa junina as professoras apresentaram as bandeirinhas do mestre Alfredo Volpi", conta a coordenadora pedagógica Cristina Nannini. Segundo as educadoras, havia sempre a preocupação de oferecer diferentes suportes, materiais e técnicas, permitindo aos pequenos explorar e viver as mais variadas experiências. Veja a seguir algumas das atividades do projeto.

Etapas do trabalho

No 1º semestre, as atividades foram mais relacionadas aos pintores e suas obras, de acordo com os conteúdos abordados pelo livro didático.

No 2º semestre, o foco foi o contato com diversos materiais para a construção das próprias obras, relacionando com os conteúdos do livro.

Partes do corpo e autorretrato

A primeira atividade de Arte foi associada ao conteúdo sobre partes do corpo humano que as crianças conheceram no livro didático. Elas montaram o seu primeiro quadrinho com autorretrato! Veja como fazer.

1. Distribua folhas de papel sulfite e peça que as crianças desenhem elas mesmas com giz de cera. Previamente, proponha atividades de esquema corporal, como olhar-se no espelho. Nessa idade, as crianças estão iniciando a construção dos desenhos, então alguns ainda não apresentam traços que demonstrem a intenção de um rosto ou um corpo, mas elas podem estar ali em seus garranchos.

2. Distribua palitos de sorvete para que colem em volta do desenho formando uma moldura de retrato.

3. Distribua fios de lã para que colem no palito de sorvete de forma que possam pendurar na parede. Deixe que levem a sua primeira obra para casa.

Expressões faciais e a obra "Monalisa"

Quando se estudou o corpo humano, as professoras falaram também sobre expressão facial. E, nesse contexto, as crianças fizeram a releitura da obra "Monalisa", do italiano Leonardo da Vinci. Depois de apresentar o pintor e sua obra aos pequenos, as professoras trouxeram para a sala uma reprodução de "Monalisa" colada em cartolina e pediram que as crianças procurassem em revistas outros olhos, narizes e bocas que pudessem recortar e colar num grande cartaz, em volta da silhueta da Monalisa.

Volpi e a fachada das bandeirinhas

Ainda dentro do contexto das partes do corpo e do autorretrato, as crianças confeccionaram um cartaz coletivo baseado na obra "Fachada com Bandeiras", do brasileiro Alfredo Volpi. Primeiro, as professoras apresentaram a obra aos alunos e deixaram um tempo para observação. Depois, trouxeram a obra reproduzida em cartolina com espaço para que as crianças desenhassem os seus rostos nas janelinhas. Cada criança escolheu uma janelinha e fez o seu autorretrato com canetinha hidrográfica.

Kandinsky e as formas geométricas

Ao entrar no conteúdo das formas geométricas presente no livro didático, as professoras aproveitaram para apresentar a obra de Kandinsky, artista russo, que se tornou um grande nome da arte abstratada. Veja como trabalhar com seus alunos.

1. Traga uma grande reprodução da obra "Sobre Pontos", de Kandinsky, e exponha para os alunos.

2. Distribua folhas de sulfite e várias formas geométricas recortadas em papéis coloridos.

3. Peça que as crianças reproduzam a obra em suas folhas fazendo colagem das formas recortadas. Exponha os trabalhos na escola!

Frutas de Lederman

Ao estudar os alimentos e a importância das frutas para a nossa saúde, as professoras do maternal coletaram obras de Lederman, artista que colocava muitas frutas em seus quadros. Após apresentá-las às crianças, sugeriram que desenhassem as frutas que conheciam numa parece de azulejos da escola!

Brincadeiras de criança

Quando as professoras entraram no tema das brincadeiras infantis, apresentaram a obra "Meninos Pulando Carniça", do brasileiro Cândido Portinari. A partir dela, montaram um grande quebra-cabeças.

1. Faça duas reproduções bem grandes da obra.
2. Recorte uma delas em quatro ou cinco pedaços.
3. Peça aos alunos que montem o quebra-cabeças.

Culminância

Todos os trabalhos de Arte do projeto foram expostos na mostra da escola ao final do ano, agrupados em um grande livro. As famílias e as crianças puderam conferir tudo o que haviam produzido ao longo do ano e todos os artistas e obras que conheceram.

Dicas!

Você encontra a obra "Fachada com Bandeiras" no site do Masp. Veja no link: http://www.masp.art.br/masp2010/acervo_detalheobra.php?id=988

Outro artista que realizou um trabalho muito interessante com frutas e legumes foi o italiano Giuseppe Arcimboldo. Apresente-o também para os seus alunos! http://www.artcyclopedia.com/artists/arcimboldo_giuseppe.html

Visite o site www.portinari.org.br para conhecer a obra "Meninos Pulando Carniça".